Afonso Camargo e personalidade do mês

DSC03654

Com uma grande bagagem e um longo caminho trilhado, o artista plástico Afonso Camargo Fona conquistou credibilidade e muitos admiradores de seus trabalhos. Trabalhos esses que ultrapassaram fronteiras, suas obras estão espalhadas pelo Brasil e também fora dele tendo uma sido doada ao papa Bento XVI.

DSC03666

O artista iniciou sua carreira aos nove anos de idade no município de Santarém, sua terra natal, o talento é herança de família, na época o pai possuía um ateliê, “Quando meu pai saia eu entrava no ateliê e mexia nas coisas dele, pintava e escondia as peças. Um dia ele encontrou as peças que eu escondia á uns dois anos, ele perguntou se eu tinha feito, eu confessei, então ele me chamou para trabalhar com ele, mas antes me deu uma surra”. Pontuou o artista, denotando ainda ser a surra mais gostosa que levou na vida.

Entre os trabalhos desenvolvidos por Camargo Fona no campo das artes plásticas estão o desenho, a pintura e escultura, tendo trabalhos expostos em Parauapebas, Canaã dos Carajás, Eldorado dos Carajás, Recife, São Paulo, Bahia, Itália, Portugal e EUA. O artista se mostra um verdadeiro amante da natureza demonstrando esse amor em várias telas onde busca retratar os impactos socioambientais e políticos sociais que a atingem.

IMG_0099

Camargo ainda tem participação ativa no carnaval de Parauapebas, desenvolvendo alegorias e adereços e ainda teve participação nos carnavais de Manaus como carnavalesco e produção visual dos bois Garantido e Caprichoso em Parintins, onde consagrou o melhor produtor visual por dois anos consecutivos.

DSC09612

Dentre os vários trabalhos produzidos está o projeto Mãos de Maria, este é realizado anualmente em Parauapebas, uma exposição que retrata as mãos das Marias de vários cantos do Brasil e as diversas atividades desenvolvidas por elas. O artista desenvolve ainda projetos visuais dos espaços litúrgicos em algumas igrejas católicas de Parauapebas e região.

DSC03674

Camargo Fona ao longo dos anos em Parauapebas, já atuou como diretor do departamento sociocultural do Docenorte Esporte Club no Núcleo Urbano de Carajás; professor de artes plásticas no Centro de Atividades Culturais-CAC. Atuou na ária social por mais de 10 anos, diretor cultural do município por mais de seis anos e secretário adjunto da Secult (Secretaria Municipal de Cultura) por quatro anos.

P1010130

Este ano visando valorizar os artistas de Parauapebas e mostrar a diversidade cultura que forma o município, já se prepara para realizar sua próxima exposição coletiva que traz como tema “Faces de todos os Brasis”. “Esta reunirá fotógrafos, grafiteiros, escritores, artesãos, além de artistas plásticos de Parauapebas e região, que prometem contribuir com as atividades desenvolvidas no mês de maio em comemoração ao aniversário do nosso município, além de agregar novos talentos.” Finaliza o artista.

DSC08902

Comentários

Comentário