Novos empreendimentos fortalecem o turismo no Pará

f_78148_249808Planejamento e estratégias de desenvolvimento ajudam o Governo do Estado com novas estruturas no setor turístico.

Modernos empreendimentos para fortalecer o turismo no estado estão na agenda do Governo do Pará, a partir das ações estratégicas da Secretaria de Estado de Turismo (Setur). Neste cenário, destaque para a recepção de novos investimentos, em especial no segmento de sol e praia, e a construção pelo governo de novos equipamentos para aumentar o fluxo no turismo de eventos, lazer e negócios.

Dentro do planejamento traçado pelo governo está a construção de um Centro de Convenções no município de Marabá, sul do estado, que atualmente tem 95% das obras concluídas e expectativa de inauguração em 2017. O outro Centro de Convenções já está com o projeto executivo concluído e será construído no município de Santarém, oeste paraense, na rodovia que dá acesso ao aeroporto Maestro Wilson Fonseca.

Esses empreendimentos refletem a identificação de uma tendência e oportunidade para incentivar o deslocamento do ambiente de negócios com eventos, feiras e shows, da capital para movimentar a economia desses municípios e dos polos turísticos Araguaia Tocantins e Tapajós.

Acesso – O programa “Voe Pará” facilita a circulação de moradores e turistas, em municípios com economia voltada ao agronegócio, turismo, mineração e outras atividades econômicas.

No transporte rodoviário foi melhorada a malha de acessibilidade a várias cidades do interior, com consertos e reparos de pontes, recuperação e pavimentação de determinados trechos de estradas que levam a balneários e praias do nordeste do estado, por exemplo. Esforço para atender melhor a demanda de turistas no chamado “Verão Amazônico”, e permitir mais segurança nas rodovias, nessa estação de intenso movimento para as praias de Salinópolis. No transporte hidroviário, a realização de uma antiga reivindicação de empresários, operadoras de viagens, turistas de outros estados e moradores, veio com a implantação de uma linha regular com lancha executiva ligando Belém a Soure, no Arquipélago do Marajó, uma experiência com números que demonstram a viabilidade desse modal ao Marajó.

No segmento de voos internacionais, o governo conseguiu atrair companhias para os voos conectando, semanalmente, Belém a Miami, Estados Unidos da América; Belém a Lisboa, Portugal e Europa; Belém a Caiena, Guiana Francesa e Belém a Paramaribo, Guiana holandesa, projeto incentivado pela redução do valor do ICMS cobrado pelo governo do Pará.

(Fonte:Agência Pará)

Comentários

Comentário