Komatsu expande área de mineração com compra da Joy Global

komatsu-surface_1140x460Empresa quer atender diretamente o setor de mineração, melhorando a produtividade dos clientes e a segurança em suas atividades no mundo

A Komatsu America Corp., subsidiária da Komatsu, informou na quinta-feira (13) que finalizou a sua aquisição da Joy Global, empresa mundial em soluções de mineração de alta produtividade. De acordo com a companhia, a Joy Global continuará sediada em Milwaukee, nos Estados Unidos, e mudará o seu nome para Komatsu Mining Corp., atuando como subsidiária da Komatsu.

A empresa continuará a promover e investir nas marcas de produtos P&H, Joy e Montabert.

Em nota, a Komatsu afirmou que está comprometida em atender diretamente o setor de mineração e, com seus produtos, serviços e tecnologias, quer ajudar os clientes a melhorarem a produtividade e a segurança em suas atividades em todo o mundo.

“A combinação de equipamentos de mineração de superfície da marca Komatsu com as marcas P&H, Joy e Montabert de produtos de superfície e subterrâneos nos permitirá oferecer uma gama completa de soluções de mineração aos nossos clientes”, disse Tetsuji (Ted) Ohashi, presidente e CEO da Komatsu.

“Pretendemos usar a força de nossas culturas comuns, incluindo a nossa crença inabalável na priorização da segurança e a nossa paixão em oferecer soluções inovadoras, para nos tornarmos um fornecedor inigualável de soluções e serviços de mineração”, declarou.

A conclusão dessa transação agrega à equipe da Komatsu mais de 10 mil pessoas com conhecimento e experiência no setor de mineração, elevando o total global da empresa a mais de 57 mil trabalhadores.

Com foco na prestação de serviço ininterrupto e fornecimento de equipamentos aos clientes, a Komatsu planeja aproveitar as melhores práticas de ambas as empresas, alinhando a organização e a operação para oferecer o melhor atendimento ao cliente.

A Komatsu Mining Corp. será liderada pelo presidente e CEO Jeffrey Dawes, anteriormente presidente e CEO da Komatsu América Latina. Dawes e a equipe de gestão ficarão sediados em Milwaukee, Wisconsin, nos Estados Unidos.

Após o encerramento da transação, no valor de aproximadamente US$ 3,7 bilhões, incluindo dívidas pendentes da Joy Global, as ações Joy Global serão retiradas da lista da New York Stock Exchange (NYSE) e deixarão de ser negociadas publicamente. Com informações da assessoria de imprensa da Komatsu.

Notícias de Mineração Brasil

 

Comentários

Comentário