Mineração dentro e fora da sala de aula

Geociências são utlizados em sala de aula #chocopeba7Projeto Circuito Mineração nas escolas mostra a importância da atividade

Olhares curiosos e muita atenção. A imagem da maior mina a céu aberto do mundo, no Complexo Minerador de Carajás, aguça a imaginação de alunos e professores que participam do projeto Circuito Mineração nas escolas. A iniciativa da Vale em parceria com as secretarias municipais de Educação (Semed) de vários municípios do Estado está proporcionando maior aproximação e conhecimento dos estudantes e docentes da rede pública de ensino sobre a atividade mineral e sua aplicação em objetos que fazem parte do dia a dia das pessoas.

Para a coordenadora de núcleo urbano da Semed de Parauapebas, Aglenes Maués, a experiência está contribuindo para a formação de professores do município. “A nossa percepção sobre a mineração, antes desse contato era outra. A partir do momento que a gente tem essa visualização, essa abordagem, que a gente pode dizer que é prática, o nosso olhar se amplia. A gente sabe da riqueza que o nosso estado oferece e como a mineração também contribui para a própria renda da nossa cidade”.

A opinião é compartilhada pelo professor Antonio Maciel, da escola Esther Bandeira Gomes, em Belém, onde foi realizada uma exposição sobre a atuação da Vale no Pará. “Essas ações são muito importantes para esses adolescentes que nem sempre têm a oportunidade de ter acesso à informações tão ricas. Acho que muitos deles viram aqui, inclusive, uma esperança de futuro”, destacou.

Para a gerente de Saúde, Segurança, Comunicação e Meio Ambiente da Vale, Thais Laguardia, o Circuito Mineração nas escolas vem cumprindo com seu objetivo. “A partir de todo o trabalho que estamos realizando, com as visitas, as capacitações e também as exposições, nós acreditamos que alunos, professores e comunidade nas quais atuamos, conhecerão melhor o que é a mineração e sua importância para a vida em sociedade”.

Kits de geociências ajudam o aprendizado nas escolas de Parauapebas

Um projeto pioneiro da Fundação Vale garantiu um reforço diferenciado para as aulas de Ciências, História e Geografia do 6º ao 9º ano do ensino fundamental. São os kits de geociências, compostos por uma caixa com amostras de fragmento de rochas minerais identificados, um guia de orientação para o professor e o aluno com sugestões de diversas atividades para serem desenvolvidas nas turmas.

Para a professora de Ciências, Alice Araújo, da Antônio Matos Filho, os kits estão contribuindo para despertar o interesse dos alunos, e inclusive, da família pela mineração. “É muito gratificante ver que não só os nossos alunos estão envolvidos nas atividades em sala de aula com os kits de geociências, mas a família deles também está participando. Nós temos pais que estão vindo para sala de aula, assistir as apresentações. E esse pai, de uma forma indireta, está tendo uma oportunidade que ele não teve enquanto estudante”, destaca.

O projeto Circuito Mineração também ocorre em Marabá, Bom Jesus do Tocantins, Ourilândia, Tucumã e na mina do Salobo com a apresentação sobre a mineração para professores e alunos de escolas da rede pública de ensino.

E você, sabe o que é feito a partir dos minérios? Confira abaixo:

Cobre

Apresenta propriedades de condução de calor e de energia. Maleável, reciclável, resistente à corrosão e a altas temperaturas, o cobre é empregado na geração e na transmissão de energia, em fiações e em praticamente todos equipamentos eletrônicos – como a sua televisão e o seu telefone celular.

Níquel

O minério é essencial na produção de itens que vão das moedinhas do seu bolso ao carro estacionado na sua garagem. O níquel quase nunca é empregado sozinho: a indústria o utiliza na forma de ligas, combinado com outros metais. Outros exemplos estão na  fabricação de  motores a jato e turbinas a gás, além aquecedores, resistências, geradores de energia e componentes de forno.

Ferro

O minério de ferro é encontrado na natureza na forma de rochas, misturado a outros elementos. Por meio de diversos processos industriais com tecnologia de ponta, o minério é beneficiado para, posteriormente, ser vendido para as indústrias siderúrgicas. Este minério é encontrado na construção de casas, na fabricação de carros e na produção de eletrodomésticos.

Manganês

O manganês é o quarto metal mais utilizado do mundo e está em ferroligas (é essencial na fabricação de quase todos os tipos de aço); pilhas (o manganês-zinco dá origem às pilhas alcalinas); ração (é empregado em preparo para comida animal) e vidros (o uso na produção de vidraçaria foi identificado desde o Egito Antigo).

 

Comentários

Comentário