Juventude do MST ocupa universidade pública em Marabá

“Tem que haver mudança em toda sociedade
E a juventude em luta transformando a realidade”

A ocupação faz parte da Jornada Nacional da Juventude Sem Terra: ocupa juventude, as escolas e as ruas!, em conjunto com a Jornada de Lutas da Juventude Brasileira

juventude do MST #chocopeba (2)Na noite de quinta-feira (17), aproximadamente 60 estudantes da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA) ligados ao MST, Levante Popular da Juventude, Mudança, Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), centros acadêmicos e Diretório Central dos Estudantes – José de Ribamar, ocuparam a unidade I da instituição, localizada em Marabá (PA).

A ocupação faz parte da Jornada Nacional da Juventude Sem Terra: ocupa juventude, as escolas e as ruas!, em conjunto com a Jornada de Lutas da Juventude Brasileira, convocada pela UNE, em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade, por nenhum direito a menos.

Os estudantes pautam dentro da universidade melhorias nas estruturas físicas das unidades, transporte universitários, contra a privatizações do ensino público e os cortes da educação, em especial os cortes no Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera) e por mais políticas afirmativas.juventude do MST #chocopeba (1)

Durante a sexta-feira (18), serão realizadas diversas atividades, que vão discutir desde a atual conjuntura do país até a situação da UNIFESSPA em Marabá e região, finalizando com um ato político-cultural em defesa da educação. A paralisação do campus segue, reunindo mais de 250 estudantes e professores da instituição.

“Essa luta é nossa, essa luta é do povo, é só lutando que se faz um Brasil novo!”, entoam os militantes

*Editado por Rafael Soriano

Por Nieves Lopes
Da Página do MST
Fotos: Adolfo Venâncio

 

Comentários

Comentário