O crime que abalou Januária e os seguidores de Bolsonaro

O conteúdo publicado de outro parceiro não reflete a opinião pessoal e os valores deste portal
O mito e o monstro de Januária
O vigia Damião Soares dos Santos, que ateou fogo em crianças de uma creche em Janaúba, no Norte de Minas Gerais, na última quinta-feira (5), era seguidor de Bolsonaro.
Não é o primeiro caso, nem será o último, esse tipo de pessoa busca alguma forma de chamar a atenção do público, sempre através do ódio e de atos violentos.
Alerta
Freud explica em parte, por isso, você pai, mãe e todos que lidam com crianças, fique alerta com os professores e pessoas que seguem Bolsonaro, mesmo que seja um membro da sua família.
Sem controle
Quem perde a vergonha de seguir Bolsonaro e sua cultura de violência, buscando chamar a atenção de um certo público com ódio e discurso raivoso, uma hora sai do mundo virtual ou abandona as palavras e parte para a agressão física ou para esse tipo de ato, vitimando crianças, negros, gays, judeus!
Crianças não combina com seguidores de Bolsonaro
Acenda o sinal vermelho, principalmente se tal seguidor de Bolsonaro lida com crianças.
Veja na sua escola de judô, de karatê, de futebol, busque saber quem “cuida das suas crianças”.
Não é preciso ser dito pra ninguém que seguidores do nazifascismo de Bolsonaro são pessoas com problemas mentais, no caso, o vigia e vendedor de sorvetes era obcecado por crianças.
Hitler era obcecado por judeus!
Fonte: aqui 
O conteúdo publicado de outro parceiro não reflete a opinião pessoal e os valores deste portal

Comentários

Comentário