Ex-governadora Ana Júlia Carepa sai do PT e vai para o PCdoB

A ex-governadora do Pará, Ana Júlia Carepa, vai sair do Partido dos Trabalhadores (PT) e irá se filiar nos próximos dias ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB). A mudança de legenda será confirmada até o final desta semana.

O presidente estadual do PCdoB, Jorge Panzera, diz que sigla e a ex-governadora estão em conversa há algum tempo.

“Ela é uma liderança política muito respeitada pelo PCdoB e sabemos que ela pode contribuir muito para o estado do Pará. A chegada de Ana Júlia nos interessa”, disse Panzera.

Fontes próximas da ex-goveradora, asseguram que o principal motivo para a troca de partido é a falta de espaço de Ana Júlia no PT. Nas eleições de 2014 ela concorreu ao cargo de deputada federal, mas não foi eleita.

Mesmo que ocorra a transferência de partido, Jorge Panzera adianta que nada vai mudar a relação entre PT e PCdoB.

“A relação de aliança entre PT e PC do B prossegue. Sempre formos parceiros”, informou.

Uma recepção com a presença do governador Flávio Dino, do PCdoB do Maranhão, para assinar a filiação de Ana Júlia deve ocorrer no próximos dias.

DOL tenta contato com a ex-governadora, mas ainda não obteve resposta. Neste momento, Ana Júlia se encontra com o deputado estadual Carlos Bordalo, líder do Partido dos Trabalhadores na Assembléia Legislativa

CANDIDATURA 2018

Mesmo que a troca de legenda seja confirmada, o cargo que Ana Júlia Carepa deve disputar na eleição do ano que vem não está definido. Para Panzera, a carreira política de Carepa será considerada.

“A Ana Júlia foi deputada federal, senadora e governadora. Ela tem tamanho, tem liderança e possibilidade para disputar qualquer um desses três cargos”, finalizou.

CARREIRA POLÍTICA

Ana Júlia Carepa é funcionária pública concursada do Banco do Brasil e já exerceu os cargos políticos de vereadora e vice-prefeita de Belém. deputada federal, senadora e governadora do Pará, sendo este seu último cargo eletivo.

(DOL)

Comentários

Comentário