Preço do botijão de gás sofre reajuste de 12%

É o sétimo reajuste anunciado pela Petrobras este ano. Segundo o Dieese, aumento no preço final pode ser de 5%.

Nesta terça-feira (10), foi anunciado o reajuste de 12,9%no preço do botijão de gás de 13kg n a refinaria. O aumento autorizado pela Petrobras entra em vigor no Pará e em todo o Brasil, a partir de zero hora desta quarta-feira (11).

Segundo a Petrobras se este aumento for repassado integralmente para o consumidor final, o reajuste no preço final do botijão deverá ser em média de 5,1 % ou cerca de R$ 3,09. Segundo o Dieese/PA, esta será a sétima alteração no preço do gás de cozinha autorizado este ano.

Estudo do Dieese/PA com base em dados da Agência Nacional do Petróleo mostra que em Belém, no final da semana passada, antes, portanto do reajuste anunciado nesta terça-feira (10) pela Petrobras, o preço médio do botijão de gás de cozinha de 13 Kg era de R$ 61,48 com os preços oscilando entre R$ 55 a R$ 70.

Redenção é o município que vende o botijão média mais caro, custando em média R$ 82,40, seguido de Xinguara com o preço médio de R$ 80,83; de Paragominas com o preço médio de R$ 78,67; de Parauapebas com o preço médio de R$ 78,33; Conceição do Araguaia com o preço médio de R$ 79,14 e de Altamira com o preço médio de R$ 78.

Por G1 PA, Belém

Comentários

Comentário