A Vale foi condenada em mais de R$300 milhões pela sonegação da itinerância dos mineiros em Carajás.

A Vale foi condenada em mais de R$300 milhões pela sonegação da itinerância dos mineiros em Carajás. Fez um acordo com o Ministério Público do Trabalho para pagamento da reparação em espécie, incluindo a construção do Centro Cultural de Parauapebas, com cinema e teatro, que será inaugurado em breve. Esta semana, representantes da prefeitura, do Conselho Municipal de Cultura e da mineradora visitaram as instalações.

Comentários

Comentário